21 de abr de 2010

Dama Espanhola


Depois de anos, volto a pintar com tinta a óleo. Claro, com algumas dicas de meu amigo e artista plástico Rodrigo Romão. Até então vinha usando a tinta acrílica em alguns trabalhos, principalmente sobre painel, mas a secagem quase instantânea da acrílica estava comprometendo o processo de alguns trabalhos. Acho que o óleo te dá mais liberdade de correção e mistura nas tintas. Vou tentar em seguida esperimentá-lo sobre papel cartão com fundo em latéx. É uma possibilidade a mais na gama de trabalho.

Reno.

Um comentário:

Elenzinha disse...

Me fez lembrar do Trecho de água viva de Clarice Lispector:

"Dama-da-noite tem perfume de lua cheia.É fantasmagórica e um pouco assustadora e é para quem ama o perigo.Só sai de noite com seu cheiro tonteador.Dama-da-noite é silente".